O pós-pandemia e a carência de mão de obra. Como se preparar?

02/07/2021 | News

O Pós pandemia e a carência de mão de obra.  Como se preparar? 

Preocupado com o pós-pandemia, o mundo vê gravitar em todos os setores questões que, embora independentes, alinhavam relevantes reflexões e expectativas sobre medidas a serem adotadas para a retomada da economia.

Em momentos de transição e mudanças como o que estamos vivendo, é comum a intensificação de estudos e pesquisas para análise de futuros passos para a retomada da normalidade com maiores probabilidades de sucesso. É comum também que surjam comparações com crises anteriores, em busca de soluções e fórmulas já visitadas, apesar de seus diferentes contextos. De um lado, tenta-se estabelecer um paralelo entre o enfrentamento do período pós-pandemia e a retomada da economia no pós-guerra; de outro, pergunta-se como promover crescimento, diante da inegável escassez de mão de obra, sobretudo na área tecnológica, uma das mais afetadas.

É fato que as décadas de 1950 e 1960 representaram, para países como Alemanha, França, Japão, dentre outros, verdadeiros anos dourados, quando uma natural expansão do consumo – somada a outros fatores – salvou a economia mundial. E, questiona-se, à guisa de comparação, se o período pós-pandemia permitirá algo semelhante. Qual será a reação dos consumidores? O que farão com suas economias? Como prever uma retomada num cenário de mais de 14 milhões de desempregados?

Com relação à mão de obra, no setor de TI, observamos uma clara disparidade entre número de vagas e mão de obra especializada. Um déficit que só vem aumentando. É compreensível que o setor de TI seja um dos mais atingidos, uma vez que a pandemia intensificou o já acelerado processo de transformação digital das empresas, com a adoção do home office e de serviços digitalizados, alterando as relações e desativando postos de trabalho, a exemplo do que aconteceu com a revolução industrial quando trabalhadores foram paulatinamente substituídos pelas máquinas, porém gerando a necessidade de outros cargos e profissionais, agora digitais e em escassez.

Estudos recentes sobre o setor evidenciam números impressionantes. Contratações em tecnologia cresceram, até maio de 2021, 46,2%, índice superior ao de todo o ano de 2020. As 1.120 vagas existentes no Brasil em 2020 e as 1.638 em 2021 prometem chegar a mais de 300 mil até 2024, número infinitamente superior às melhores previsões de formação de mão de obra.  Apesar disso, movidas pelas exigências do mundo digital, empresas de todas as áreas têm planos de ampliar seus investimentos em TI em 56%, segundo dados da BRAngels/HSM, evidenciando um desequilíbrio entre oferta e procura que, na contramão dos objetivos, só faz aumentar a média salarial do setor, dificultando ainda mais as contratações.

Para Reynaldo Gama, CEO da HSM Educação, a solução para o médio e longo prazo, é investir na capacitação de novos profissionais, bem como treinar e aprimorar os já contratados, com uma abordagem humana que respeite a diversidade e os talentos individuais, com planos de carreira que estimulem o comprometimento das equipes. Trata-se de um enorme desafio que envolve não apenas empresas e colaboradores, mas políticas públicas que definam adequadas condições de trabalho para o enfrentamento da transformação digital e das crises econômica e educacional que afetam o pais.

Nessa linha de raciocínio, ciente dos desafios gerados pela pandemia e da sua responsabilidade social nesse enfrentamento, a Sphere vem aumentando seus esforços na seleção de talentos e na capacitação de seus profissionais de TI, não apenas em benefício de seus clientes e de seus negócios, mas visando dar a sua cota de contribuição para a retomada e o fortalecimento da economia.

 

https://www.correiobraziliense.com.br/euestudante/trabalho-e-formacao/2021/05/4926392-apagao-na-area-de-ti-sobram-vagas-mas-falta-mao-de-obra.html

https://www.estadao.com.br/infograficos/economia,digitalizacao-forcada-das-empresas-na-pandemia-acelera-substituicao-de-mao-de-obra,1123178

https://www.mckinsey.com/featured-insights/future-of-work/the-future-of-work-after-covid-19/pt-BR#

Fale com nossa equipe

+55 11 4178-8811

sphere@sphereit.com.br

Endereço: Rua José Versolato, 111 - 18º Andar – São Bernardo do Campo

Fale com nossa equipe

+55 11 4178-8811

sphere@sphereit.com.br

Endereço: Rua José Versolato, 111 - 18º Andar – São Bernardo do Campo

pt_BR